domingo, agosto 04, 2013

Perdedores





fotos.trpo@gmail.com







Perdemos a guerra
Antes até de entendermos que estávamos guerreando
Ela já estava perdida
Sempre haverá o roubo
O lucro
O estupro
O assassinato

Perdemos a guerra
Antes mesmo de empunharmos armas
Ela já estava perdida
Antes de entendermos quem era o inimigo
Ela já estava perdida

O mundo não é nosso
É deles
Desde sempre foi deles
E com o despudor dos vitoriosos
Eles acorrentam
Corpos
Mentes
Almas

E eles vivem disso
Vivem de não deixar viver
Pensar
Amar
Eles comandam até mesmo
O olhar
O desejo
E quando nem mesmo o nosso desejo nos pertence
É porque perdemos

Perdemos a guerra
Na verdade, ela já estava perdida desde antes de nascermos
Não há, portanto, desculpas para a covardia
Não há razão para ceder e negociar
Só resta a bravura inevitável dos que já perderam tudo

Perdemos guerra
E esse é nosso maior trunfo
Não há o que temer

Já aos vitoriosos
Aos donos do mundo
A eles pertence também o medo
Medo até mesmo do menor barulho
Que possa vir a despertar
A consciência em todos nós perdedores
De que não há mais nada a perder.

2 comentários:

Pedro Ivo Frota disse...

Os ganhadores são perdedores, os perdedores são perdedores. Ninguém acordou ainda para o que é realmente vitória. E enquanto ninguém acordar, todos são perdedores. Fora os porcos, que acham que sabem de tudo, adoram chamar prisão de liberdade, não conseguem escutar ou dar voz ao instinto mais profundo do que é liberdade, e continuam sendo porcos....esses aí não são nenhuma coisa nem outra, são porcos mesmo.

THORPO disse...

É isso aí, Pedro. Seremos perdedores enquanto permitirmos em silêncio.